Read Parque Chas by Ricardo Barreiro Eduardo Risso Carlos Xavier Online

parque-chas

Unindo o realismo mágico ao terror psicológico, Parque Chas reúne o prestigiado escritor argentino Ricardo Barreiro (Ciudad, Cain, As de Pique) ao seu compatriota Eduardo Risso (Batman Noir, 100 Bullets) naquele que foi o primeiro grande sucesso de Risso. Obra que vai surpreender aqueles que julgam que conhecem o estilo de Risso, Parque Chas é aqui publicado em versão inteUnindo o realismo mágico ao terror psicológico, Parque Chas reúne o prestigiado escritor argentino Ricardo Barreiro (Ciudad, Cain, As de Pique) ao seu compatriota Eduardo Risso (Batman Noir, 100 Bullets) naquele que foi o primeiro grande sucesso de Risso. Obra que vai surpreender aqueles que julgam que conhecem o estilo de Risso, Parque Chas é aqui publicado em versão integral, o que acontece apenas pela segunda vez fora da Argentina.Em cada capital do mundo, existem “Lugares Mágicos”. Locais obscuros onde, não se sabe como, forças desconhecidas exprimem a angústia e o medo. Triângulos das Bermudas do Imaginário, onde vampiros, sereias, fantasmas e personagens de BD se cruzam e reencontram, para levar o visitante para um lugar de onde provavelmente não conseguirá regressar… Em Buenos Aires, a cidade argentina de todos os milagres, esse lugar chama-se Parque Chas. É inútil procurá-lo. Ele está à vossa espera…...

Title : Parque Chas
Author :
Rating :
ISBN : 9789896825850
Format Type : Hardcover
Number of Pages : 152 Pages
Status : Available For Download
Last checked : 21 Minutes ago!

Parque Chas Reviews

  • Reyel2107
    2018-11-20 05:38

    a great 80´s fantasy !!!!

  • Ricardo
    2018-11-18 02:11

    O Parque Chas é um fenómeno que se pode traduzir por uma singularidade matemática. Em resumo, tudo pode acontecer no Parque Chas. Ricardo aluga um apartamento nesta zona de Buenos Aires e, o que a princípio é só mais uma janela trancada, transforma-se num thriller onde o protagonista entrevista testemunhas dos fenómenos singulares do bairro. Alguns são muito bem conseguidos, como o do automóvel assassino ou do combate entre gangues de bairro. Em breve, Ricardo desvenda o mistério por detrás dos fenómenos do parque, à medida que desvenda o corpo da escultural Aitana. A obra chega a um ponto em que tudo é possível, inclusive alguém cruzar-se com o capitão Ahab e com Corto Maltese numa biblioteca fora do espaço temporal, antes de entrar na mansão de Giacomo Casanova.E porque não? A distorção espaço-temporal do Parque Chas é resultado duma guerra extraterrestre, onde o planeta Terra é um importante ponto estratégico. Até aqui tudo bem, [spoiler] só tive pena que o epílogo acabasse por se tornar num estereotipado tema onde políticos corruptos e malévolos são encarnados pela espécie extraterrestre invasora, tentando de algum modo justificar as suas ações. Não, o ser humano é intrinsecamente capaz das melhores virtudes e dos piores defeitos, dependendo da vontade de cada um. Culpem o livre arbítrio, não os insectóides.

  • Rui Alves de Sousa
    2018-11-18 01:33

    Primeiro Volume: * * * * Uma teia de histórias que misturam crime e fantástico, escritas de maneira exemplar por Barreiro e com o traço magnífico de Risso.Segundo Volume: * * A parte desnecessária desta novela gráfica encontra-se na segunda parte, que retira toda a grandiosidade do tomo anterior e despacha toda a história sem qualquer imaginação. O tédio provocado por tanta acção desconcertante (e com a personagem feminina a desempenhar um papel semelhante ao de Joseph Gordon-Levitt no "Inception": só serve para explicar os detalhes) dão a impressão de que estamos a ler um livro completamente diferente, em que ou o escritor perdeu o fio condutor daquilo que queria fazer, ou foi substituído por outro. Resta o traço de Risso, sempre excepcional.Uma boa novela gráfica pela primeira parte e que nada perdia se se removesse a segunda. Daí se percebe porque é que "Parque Chas" é raramente editado na íntegra...

  • Federico Kereki
    2018-11-19 06:22

    Short, but good. The first part (several short stories) is better; the second part, that shows the reason for the earlier strange events, and even mixes in local argentinian politics, is not at the same level.

  • Cristina
    2018-11-25 01:33

    A crer nesta história a invasão insectóide já começou... :D

  • La Revistería Comics
    2018-11-12 00:10

    ¡¡Próximamente por primera vez en edición argentina: Integral de Parque Chas!!

  • Variaciones Enrojo
    2018-12-12 06:12

    Reedición de los dos tomos de Parque Chas en uno.